• Andrey Sommavilla

Você adora o celular, passa horas no Whats, Face e Instagran? Você sabe que males isto pode causar?

Atualizado: Jan 16


Hoje vou falar sobre um assunto que afeta a quase todos nós: o uso recorrente dos smartphones e a sua saúde. A cabeça humana pesa pouco mais de 5 kg. Com a flexão do pescoço (para frente e para baixo), o peso sobre a coluna cervical começa a aumentar. Em um ângulo de 15 graus, este peso é de cerca de 12 kg, a 30 graus é 18 kg, a 45 graus é 22 kg, e a 60 graus é 27 kg.

Esse é o peso ao olhar para um smartphone, o que milhões de pessoas fazem por horas todos os dias. Ao longo do tempo essa má postura pode levar a um desgaste e lesões da coluna vertebral, com a aceleração do processo degenerativo, com importantes consequências.


​​Essa questão é tão séria, que especialistas (ortopedistas e fisioterapeutas) do mundo inteiro a consideram uma nova síndrome, que já vem comprometendo bastante a saúde da população mundial. Já inventaram até um nome pra isto “text neck”.

Quais os sintomas mais comuns?

  • DTMs (disfunções temporomandibulares);

  • Cervicalgia;

  • Dorsalgia;

  • Protusão de ombros (anteriorização de ombros) podendo gerar problemas em toda articulação do ombro e cintura escapular;

  • Alterações neurológicas em membros superiores, como por exemplo, dor, amortecimento e perca de força muscular.

E como prevenir isso?

  • Contabilizar o tempo que passa diante das telas, se você não precisa delas para trabalhar, reduza o tempo de uso;

  • Se sua condição profissional depende do uso das telas digitais, verifique seu assento e mesa. A ergonomia do local de trabalho é fundamental;

  • Faça pausas durante o trabalho. De hora em hora, levante-se e procure alongar a musculatura, beba um copo de água e aproveite para fazer uma pequena caminhada, cinco minutos são suficientes para deixar o corpo em movimento;

  • Evite curvar o pescoço para visualizar a tela. Não flexione demais os braços ou os ombros. Mantenha os braços alinhados e apoiados na mesa ao digitar, afaste o aparelho o máximo que conseguir. Dessa forma o pescoço ficará menos flexionado;

  • Realizar atividades físicas de maneira regular também é uma forma de prevenir doenças, assim como uma boa alimentação.

Já estou sentindo as dores, o que fazer?

Se já estiver sentindo dores, procure imediatamente um especialista. O médico e/ou fisioterapeuta estarão aptos para realizar o diagnóstico e propor o melhor tratamento para o seu caso.

#fisioterapia #osteopatia #dicasdesaúde #cervicalgia

0 visualização