• Andrey Sommavilla

Refluxo Gastroesofágico em Bebês

Atualizado: Jan 16



Sono agitado, vômito, irritabilidade, choro excessivo e perda de peso são alguns sintomas do Refluxo Gastroesofágico (RGE) em bebês. E o tratamento osteopático pode ajudar a solucionar esses problemas.

A causa do refluxo em bebês pode ter explicação ainda na gestação, dentro da barriga da mãe o bebe vai crescendo e o espaço diminuindo podendo gerar tensões fasciais anormais no bebê.

Ao final deste tempo, o trabalho de parto (tanto o natural quanto a cesárea) causa sucessivas compressões sobre o bebê, especialmente nos casos de partos que podem exigir o uso de materiais (fórceps) e forças extras. Além disso, contrações irregulares causadas pelo o uso de medicamentos para acelerar o parto, somam-se aos fatores responsáveis por provocar leves assimetrias no crânio dos bebês.

Essas assimetrias podem interferir nos forames por onde passam importantes nervos que comandam e/ou regulam funções sensoriais e motoras do corpo. Formados pela junção dos ossos do crânio, esses forames funcionam como passagem de ligação entre o sistema nervoso central (cérebro) e o restante do corpo através de nervos, responsáveis por receber e transmitir as informações e os comandos para o correto funcionamento dos sistemas do corpo humano.

Uma região que sofre durante o processo de gestação e parto é a região da nuca, onde encontramos o forame jugular, formado pela junção dos ossos occipital e temporal. Essa região possui uma importante inervação, o nervo Vago (X) que é responsável pelos movimentos da língua, fala, deglutição, regulação da secreção de suco gástrico, movimentos do estômago e funcionamento do aparelho digestório.

O refluxo gastroesofágico (RGE) consiste na volta do conteúdo gástrico ao esôfago através do esfíncter esofágico anterior, podendo ou não haver regurgitação.

A osteopatia é um sistema de tratamento preciso e sofisticado, baseado e estruturado na anatomia e fisiologia humana e avalia de uma forma muito particular o bebê e a criança para identificar as causas de problemas como refluxo, cólica, torcicolo, problemas respiratórios e assimetrias de cabeça. Para isso utiliza técnicas suaves e específicas para resolvê-los.

Sintomas do refluxo:

- Sono agitado.

- Vômitos

- Azia

- Engasgos

- Irritabilidade

- Choro excessivo

- Rouquidão

- Otites

- Tosse seca

- Perda de peso

- Problemas respiratórios como asma e bronquite podem estar relacionados ao RGE.

Conselhos gerais:

- Evitar excesso de leite.

- Manejo adequado da lactância.

- A mamada em si já é um tratamento para o refluxo (mamadas breves e frequentes).

- Posição mais vertical durante e depois da mamada (45 à 60º).

- Mamar no seio “vazio” ajuda a gerar saliva (neutraliza o ácido) e aumenta peristaltismo.

- Leite artificial permanece no estômago mais tempo (aumenta refluxo) – bebê pode ter intolerância a lactose (mãe deve evitar consumir laticínios).

- A mãe deve evitar de comer alimentos gordurosos (frituras, chocolates, frutas acidas).

- A mãe deve evitar excesso de cafeína.

- Evitar exposição do bebê a cigarros.



#osteopatia #bebês #RGE #refluxogatroesofágico

127 visualizações